Sistemas Sociais

Características Sociais

Esse post mostra como um sistema social se mantém, o que ele precisa para existir, como ele uma organização social tem seu início. Veremos agora algumas dessas características de um sistema social.

Boa leitura.

Um Sistema social não possui uma estrutura física capaz de ser observada quando esse deixa de existir. Outros sistemas como os biológicos por exemplo, permite que se identifique seus componentes mesmo quando deixam de funcionar. Um Grande erro que ocorre na compreensão dos sistemas sociais é tomar um modelo físico para a sua compreensão. Ao longo do tempo foram desenvolvidas formas mais sutis de compreender, porém todas passíveis de erro ao ignorar a natureza dos sistemas.

INPUTS DE PRODUÇÃO E DE MANUTENÇÃO

Os inputs de produção são aqueles quer proporcionam importação de energia externa para proporcionar resultados produtivos. O inputs de manutenção são  as entradas de energia que mantém o sistema.

Um sistema social tem sua manutenção mais instável do que um sistema físico, por exemplo. Num sistema social, sua manutenção se dá pela comunicação, organização, relacionamento e comportamento dos indivíduos que o compõe. É muito mais simples a manutenção dos dos sistemas físicos do ponto de vista das partes.

Em um sistema social, os fatores que garantem sua manutenção permitem uma variabilidade enorme de fatores que podem desestabilizar o sistema.

TIPOS DE FORÇAS QUE REDUZEM A VARIABILIDADE HUMANA

1 – Pressões do ambiente: São tipos de forças que aparecem com uma necessidade coletiva. A partir desse momento, surgem grupos com objetivos sociais comuns.

2 – Valores e expectativas compartilhadas: Surge quando um grupo social tem um objetivo comum. A partir desse momento as decisões tomadas são fundamentadas nos valores de cada integrante. Isso uma expectativa de grupo fortemente baseada nesses valores, que agora estão compartilhados a todos os membros do grupo.

3- Imposições de regras: Essas são as responsáveis pela redução de variabilidade de comportamento. As pessoas seguem essas regras com bases nos seus valores e princípios.

TRÊS BASES DE INTEGRAÇÃO DE SISTEMA

As funções, as normas, e os valores fornecem três bases inter-relacionadas para a

integração de sistemas sociais.

1. A interdependência das pessoas leva a uma ligação entre elas.

2. Ao aceitar desempenhar determinada tarefa, a pessoa acaba assumindo outros

elementos que serão responsáveis pela coesão da organização.

3. Os valores que se centralizam nos objetivos do sistema fornecem uma outra fonte de

integração.

TIPOS GENÉRICOS DE SUBSISTEMAS

1. Subsistemas técnicos ou de produção – abrange a informação e o processamento de

energia. Esta no ciclo das atividades mais importantes compreendidas pelo sistema.

2. Subsistemas de apoio – eles trabalham de maneira a buscar inputs de energia e

organizar a disposição dos outputs, em suas relações com o ambiente, ou então, auxiliam

nesses processos.

3. Subsistemas de manutenção – esses subsistemas servem para manter a estrutura de

comportamento interdependente dos sistemas.

4. Subsistemas adaptáveis – sentem as mudanças no meio externo e as traduz para seus

efeitos para dentro do sistema.

5. Subsistemas gerenciais – PLOC, planejar, liderar, organizar e controlar. Desempenha

essas tarefas dentro do sistema.

DEFINIÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS DE ORGANIZAÇÕES SOCIAIS

As organizações são basicamente um tipo ou classe específico de sistema social. São,

entretanto, mais complexas, possuindo mais características de sistemas do que os

graupamentos sociais primitivos.

MAIS ESPECIFICAÇÕES SOBRE FUNÇÕES NORMAS E VALORES

As formalizações dentro do sistema definem as regras de comportamento esperado pelos

membros desse sistema, que desempenham uma função, ativa ou passiva. Para a

manutenção dessas regras existem as sanções, que são responsáveis por evitar desvios

dos padrões de comporatamento desejado. Com as organizações, é mais provável que os

indivíduos não consigam se expressar da maneira que determina sua responsabilidade,

ele seria mais tolhido de sua liberdade. Esse fato é mais acentuado nas organizações do

que em outros ambientos sociais.

A ORGANIZAÇÃO EM RELAÇÃO A SEU MEIO AMBIENTE

O funcionamento organizacional está diretamente relacionado com a cadeia de eventos

que ocorrem no meio que o ampara, e deve, consequentemente, ser estudade dentro

deste enfoque. Conceitos como subsistemas e super-sistemas, abertura de sistemas,

fronteiras e codificação estão profundamente alicercados nessas relações.

Referência Bibliográfica:  Teoria Geral de Sistemas, Ludwig Von Bertalanffy.

Abraço!

Padrão

Um comentário sobre “Características Sociais

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s